domingo, outubro 22, 2006

"TEMQUE"(PARTE II)


Dep.Estadual Heloneida Studart(PT-RJ)










Voltando a falar do assunto da postagem anterior...


...Um exemplo de mulher brasileira que é considerada inteligente seria a Deputada Estadual Heloneida Studart(PT-RJ).Em 1974,em plena ditadura militar no Brasil e quando as mulheres já haviam iniciado a sua emancipação,ela escreveu um livreto,uma espécie de cartilha,entitulada "Mulher:Objeto de Cama e Mesa",publicado pela Editora Vozes e distribuído gratuitamente(depois passou a ser comercializado e vendeu mais de 200 mil exemplares).
Eu descobri esse livro perdido entre as coisas do meu pai,lá em casa,e já o li umas três vezes,de tão bom que é.Ela conseguiu abordar uma temática seríssima em tom de brincadeira.Há idéias e estatísitcas que já foram ultrapassadas,mas com certeza,a maioria delas,ainda perdura em nossa sociedade.
A jornalista(que deixa bem claro não ser feminista no sentido político do termo),se baseou nas mais modernas concepções psicológicas,principalmente,em Jean Piaget.
Para se ter uma idéia do que consta no livro,em sua opinião,pelo fato de a mulher ter passado anos e anos somente em casa,cuidando dos filhos,se tornou retardada.Vou resumir aqui,em forma de tópicos(e quando necessário,comentarei) as idéias defendidas por ela:
  • a autora,quando ficou desempregada,viveu como uma típica dona-de-casa de classe média carioca.Trocou receitas de bolo,foi à chás e se sentiu oprimida com tudo isso:"seria possível que aquelas criaturas nascessem com os mesmos 10 bilhões de neurônios com que nascem os machos da mesma espécie?Elas simplesmente não tomavam conhecimento de nada que se passasse além das janelas de suas casas.Continuavam como há séculos,pensando em modelos de vestidos,em tortas e penteados(...)"
  • Ao voltar a trabalhar,como redatora de uma revista feminina,ficou surpresa com a pauta dos assuntos:"como prender um homem para toda a vida";"a melhor maneira de aproveitar os vestidos do ano passado" e um teste "você se considera bonita?"
Cá pra nós:estamos em 2006 e dê só uma olhada nas matérias de revistas como Nova,Claudia,entre outras...NADA MUDOU!!!!!!!

  • Na escola,a menina mais bonita tem mais prestígio que a mais inteligente.

Até que isso mudou bastante:as meninas mais inteligentes são muito prestigiadas;porém,eu,que tenho hoje 22 anos,vi essa mudança há pouco tempo.Em toda a minha vida escolar,eram as "gostosonas" que faziam sucesso,tanto entre os alunos quanto entre os professores.Os concursos de beleza(Rainha da Primavera,por exemplo),eram mais badalados que os concursos de redação,por exemplo!

  • Muitas mulheres usam os filhos como pretexto para a não-realização de seus projetos pessoais e,psicologicamente,continua grávida."Mas o filho vai crescendo.As relações sociais,os grupos da mesma idade-colegas de escola,moleques da rua-começam a socializar a criança,a apressar a sua maturação.A mãe,se for do tipo eterno feminino,empede esse amadurecimento de todas as maneiras.Ela opõe a relação mãe-filho à relação filho-mundo(...)inventa brinquedos para ambas,como se fossem duas crianças(...),quer arrastá-lo para dentro da sua caverna(...)A literatura está cheia de figuras de mães que neurotizam os filhos até à insânia.E quando,finalmente,estes se tornam independentes elas olham em torno e notam que só existiam por intermédio deles,sem nenhum objetivo prórpio,vital(...)"

Vocês podem até pensar que isso não existe mais,mas tem um caso desses na minha família.São duas primas de 20 e 13 anos,cuja a mãe,minha tia,nunca trabalhou até hoje,por causa DAS CRIANÇAS.Tanto que as duas são totalmente dependentes,não sabem fazer nada sozinhas.Para tudo,precisam da mãe.Deixo aqui a pergunta:SERÁ QUE ISSO É BOM?

  • A MULHER CONSIDERADA FEIA NÃO TEM VOZ NEM VEZ!!!!!!
"A mulher feia é como sucata:não tem lugar no mercado(...)O homem envelhece com dignidade e a mulher com terror e insegurança.Dos objetos da sociedade de consumo(feitos para se deteriorar depressa) ela é o que mais cedo entra em obsolênscia.O mercado pede Lolitas.Que fazer se o tempo passa,e ela não tem nenhuma tarefa histórica,mas deve apenas agradar ao seu homem?(...)Mulher feia não dá palpite(...)"
De todas as idéias que aqui resumi,essa é a que,com certeza,merece mais destaque.Quem aparece mais na mídia:a feia ou a bonita?A mulher não pode nem ser bonita em paz,pois logo aparece alguém(uma revista,uma agência de propaganda...) que queira vender a sua imagem,convidando-a a posar nua,a fazer um comercial de qualquer produto(mostrando seu corpo,pois hoje,qualquer produto "pode" ser vendido com apelo sexual).O QUE RESTA PARA A MULHER TIDA COMO FEIA(lembrando que beleza ou feiura dependem dos olhos de quem vê)?.Engraçado que ser feio é não seguir os padrões de beleza vigente.A sociedade,a mídia,só querem saber de quem é magro,sarado,loiro,de olhos claros(e isso,numa sociedade mestiça,como é a brasileira!).Não é dado o devido valor à mulher que aparece pela seu conteúdo intelectual,por exemplo,escritora,jornalista,etc.e se esta não se enquadrar nos padrões de beleza,então...pior ainda..."é feia:feia não conta...".E quanto à velhice da mulher?Os homens estão largando suas mulheres para arranjarem garotinhas,pois "a patroa tá acabadona!"ISSO É JUSTO?PENSEM NISSO!!!!


PARA FINALIZAR...

  • Muitas mulheres,mesmo tendo curso superior e,em conseqüência disso,terem melhores condições de ingressarem no mercado de trabalho,se casam com homens ricos e se orgulham de dizer: "não preciso trabalhar.Ele me dá tudo!".

Vejo isso direto na UERJ,onde curso Letras Português/Inglês.Penso que isso é uma grande burrice,pois,se o casamento acabar...(NÃO PRECISO NEM FALAR!!!!).Sem contar que,convenhamos,ser dependente,ter que ficar pedindo dinheiro para tudo...é uma grande furada!!!!!!


Gente,por hoje é só!!!!Vou deixar aqui um link sobre a Deputada Heloneida Studart e seus trabalhos!!!!Comentem!!!
www.heloneidastudart.jor.br/

9 comentários:

Aninha disse...

Boa tarde, Gabi,

Perdoe-me se não visito seu blog com freqüência... sinto que estou em fase de uma transformação profunda.

Morar sozinha me fez assumir muitas responsabilidades - conseqüentemente, tenho deixado meu querido blog um pouco de lado.

Concomitantemente, estou terminando uma especialização na área de integração econômica e direito internacional fiscal. Estou na fase de escrever a monografia, isso tem tomado bastante tempo. A minha formação em letras e lingüística tem me ajudado a definir os conceitos e a bem elaborar a monografia.

Por último, tenho vontade de ir trabalhar em uma área diferente. Sinto que a Escola Fazendária já me ofereceu muito, e estou na busca de novos desafios.

Entendido?

Duas semanas atrás encontrei-me por acaso com meu amigo Rogério Saraiva - "Falcon" para os mais chegados - e falamos de você!!!

Continue, seu blog está interessantíssimo!!!

Pessoalmente, acho que a mulher precisa antes de tudo se amar, para conseguir relacionar-se com todos à sua volta. Somente uma visão crítica e positiva de si mesma permite-lhe bem viver com suas escolhas profissionais - como dona-de-casa, profissional liberal, vendedora, servidora pública - e pessoais: solteira, casada, separada, viúva...

Paz e Bem,

Nati disse...

Hola Gaby!!! Qué alegría me da el haber recibido tu visita en mi blog, muchas gracias!! ¿Cómo estás?
Pues te cuento que entendí todito lo que escribiste en mi blog, ehhh. Voy progresando, jeje. Ciertamente como ya había dicho me encanta el idioma portugués, es muy lindo aprender... Ahora sólo estudio inglés y francés, pero si que leo bien portugués (bueno en lo que se puede, no?). Y de las cosas que me entero, de las diferencias en el idioma con muy graciosas, como el otro día que me dí cuenta que "presunto" es "jamón(ham)". En español "presunto" nada que ver con lo comestible, jejeje. Es muy interesante conocer otro idioma, la verdad que si. Afortunamente creo que entendí casi todo de lo que escribiste en tu post.
Buen punto lo que abordaste, ehhh. Me parece bastante llamativo, pues son cosas que pasan en la actualidad, y que como bien decías no ha cambiado mucho, existe una inequidad entre hombres y mujeres en cuanto a que no siempre nos dan el lugar que merecemos, nos imponen modelos a seguir y sino encajas, no te dan más oportunidad. Digo que siempre debemos tratar de ser independientes en el sentido de un mejoramiento o crecimiento personal, pero sobre tener buen autoestima.
Nos estamos viendo Gaby, saludos para ti...
Beijos.

Kafé Roceiro disse...

Parabéns pra uma pessoa tão competente. Beijos pra você.

Aninha disse...

dê uma passadinha no blog, temos novidades!!!!

Paz e Bem,

Manuel Palhares disse...

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

Cara e jovem amiguinha,


Estamos a chegar, mais uma vez, à época na qual o mundo cristão comemora o nascimento de Deus feito homem - Jesus Cristo!
Mais um ano se passou e é altura de recordar e agradecer tantos momentos de boa disposição, passados na troca de mensagens, neste Web World.
Obrigado pela tua disponibilidade, companhia e amizade, ao longo do ano que agora termina.
Para si e para todos os seus, um muito Feliz Natal e um muito próspero Ano Novo, ambos cheios de muita saúde, paz, amor e alegria,
Um abraço,

Manuel Palhares - Beira Meu Amor

Pathy disse...

Oi Gabi! Faz tempo, né.. mas sem net e correndo com as provas de final de semestre é quase impossível!
Mas agora vai ficar mais fácil passar por aqui!!
Bjo!

Pathy disse...

Tô passando pra falar um oi!! Faz tempo que não te vejo por lá... rsrsrs

Ah! aproveitando, minha amiga vive reclamando que ninguém visita o blog dela, então tô fazendo propaganda! rsrs
http://frenteeverso.blogspot.com

Bjinho

Pathy disse...

Vc anda sumida, guria!!!
Espero que seja só a correria do dia-a-dia...

Dê notícias!!!

Bjinhos!!!

Renata disse...

Muito boa suas análises!Você já tentou publicar algo, crônicas por exemplo, acho que é uma ideia.
Bjs